domingo, 11 de junho de 2017

Meu nome no jornal!!!

Em 2002 eu estava no auge da minha juventude. Festas, viagens, namoro leve, vida tranquila, e nenhuma preocupação. Aquele momento da vida em que você não está preocupada com o antes, nem com o depois, você só está vivendo o HOJE! Era dessa maneira que eu estava. Magra, feliz e vazia. Sem emprego definido, faculdade trancada, sem rumo. Então apareceu um concurso. E tinha bastante vaga. E eu me inscrevi. R$ 40,00 e nenhuma confiança. Acredite se quiser, fui fazer a prova com menos de três horas de sono, depois de uma farra e muita bebida. Dormi na casa de uma colega, que me acordou pra ir pra prova (Viva Karina) e lá fui eu pra UFPB, no bloco do C.A. (ainda bem que eu conhecia aquele lugar), com uma ressaca, uma água de coco e duas idas ao banheiro, entreguei a prova. E em um sábado, de maio, recebo a ligação de Karina (olha ela outra vez), pulando de alegria porque meu nome estava lá, na lista de aprovados, no jornal Correio da Paraíba. E aí a ficha caiu, eu tinha passado num concurso. Eu agora seria funcionária pública... Tem muita história pra contar nesse desenrolar, mas só pra concluir, este mês completam 15 anos do dia do meu nome no jornal, naquela manhã de sábado. Fui convocada, e nomeada naquele mesmo ano. Assumi meu cargo em 13 de dezembro de 2002. Fui para uma cidade nova, numa aventura sem precedentes, grávida de 7 meses, sem marido, sem família, com a cara, a coragem e muita vontade de fazer dar certo. E deu!!! Essa história está só começando. Afinal, a saga CAGEPA merece muito mais que só uma página na minha vida. Um bjo Cacau Monteiro

quinta-feira, 1 de junho de 2017

O que estou a fazer???

Estou num momento da minha vida em que eu me pego pensando no que estou fazendo com a vida... Estranho esse pensamento, oras, vc estar vivendo ué? Mas o que realmente quero dizer é vivendo com que propósito? Vivendo para que? Estou trabalhando, não estou estudando, estou sem malhar, sem atividade extra e fico me perguntando como os meus dias tem sido vazios. A cada dia eu vejo o tempo passando, e passando e nada do que eu quero pra minha vida se concretizando. Aliás, o que eu estou querendo da vida? Reclamando que estou gorda, mas nada de montar uma estratégia eficaz de emagrecimento. reclamando que estou enferrujando, mas nada de voltar a estudar. E aí? Tem do que reclamar? Hoje já são dois de junho, e o tempo está passando, e passando... Que tal agir agora enquanto o ano não acabou?
Eu vou começar hoje. Um bjo Cacau Monteiro